Boa madrugada!
Guajará Mirim, RO
segunda-feira, 22 de outubro de 2018 03:13:04
Notícias

Ano letivo em creche é adiado mais uma vez em Guajará-Mirim por falta de laudo do Corpo de Bombeiros


Sexta-feira, 10 de março de 2017 18:00:17


Ainda sem o laudo de liberação do Corpo de Bombeiros, a Escola de Educação Infantil Professora Zuleide Assumpção, que deveria ter iniciado o ano letivo no último dia 6, atrasou o começo das aulas mais uma vez emGuajará-Mirim.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação (Semad), o motivo do novo atraso foi porque o prédio ainda precisava da instalação de equipamentos de segurança como extintores, placas e luzes de emergência, para ser vistoriado e liberado pelos bombeiros.

A Semad havia informado ao G1 que as aulas iniciariam no último dia 15 de fevereiro, mas por causa de problemas na liberação da verba para compra da merenda escolar, o prazo foi prorrogado para o dia 6 de março. O problema da merenda foi resolvido, mas o laudo não foi emitido a tempo. A instituição atenderá 120 crianças de 2 a 5 anos, com turmas em período integral (o dia todo) e parcial (até meio dia).

Na manhã desta quinta-feira (9), a atual secretária municipal de educação, Tereza Crespo, declarou que as adequações necessárias serão feitas na creche para obter o laudo técnico do Corpo de Bombeiros. Segundo ela, as aulas só irão começar após a liberação do local, portanto, ainda não tem uma nova data definida para o início do ano letivo.

“Já temos a verba da merenda. Ainda não obtivemos a liberação do Corpo de Bombeiros. A instalação dos equipamentos que faltavam está sendo realizada na estrutura. Creio que se tudo for providenciado até sexta-feira (10), provavelmente devemos iniciar o ano letivo na próxima semana, mas não posso ser irresponsável de dar um data específica porque ainda depende do laudo”, disse.

Questionada sobre o motivo da não instalação dos equipamentos, a servidora comentou que o Projeto Contra Incêndio e Pânico da obra não constava alguns detalhes e teve que ser refeito, sendo aprovado agora. “Foi necessário fazer um outro projeto, com as adequações necessárias, por isso o atraso”, alegou.

Engenheiro civil acompanha instalação de equipamentos de segurança contra incêndio e pânico (Foto: Júnior Feitas/G1)

O comandante do Corpo de Bombeiros, tenente Atenor Barreto, contou que a corporação está aguardando ser chamada oficialmente para fazer a vistoria técnica.

“Todo estabelecimento de qualquer natureza necessita de um laudo anual para funcionamento a partir de 1 de janeiro, mas a creche ainda não tem. Após a vistoria, a liberação vai ter validade de um ano. Recebemos o projeto aprovado e estamos aguardando a solicitação, pois o Projeto Contra Incêndio e Pânico é importante para garantir a segurança de todos que irão circular diariamente na área”, explicou.

De acordo com o engenheiro civil da prefeitura, Caio Barboza, nesta quinta foi iniciada a instalação de 10 extintores de incêndio nas repartições do prédio, que tem 1.237 metros quadrados, além de luzes de emergência e placas de sinalização. A nova vistoria dos bombeiros só deve ser solicitada quando o serviço for concluído.

Fonte:g1 Rondônia/Júnior Freitas


Essa Notícia foi Visualizada 557 vezes

Vídeos

Mais Notícias
Domingo, 21 de outubro de 2018 06:08:01
AUGUSTINHO INCENTIVA CRÉDITO RURAL EM GUAJARÁ-MIRIM
Sexta-feira, 19 de outubro de 2018 18:01:00
Mensagem do Dr. Neidson ao Dia do Profissional da Informática
Sexta-feira, 19 de outubro de 2018 17:30:43
Quadrilha é presa na BR-364 com quase meia tonelada de droga
Sexta-feira, 19 de outubro de 2018 11:09:43
Dr. Neidson solicita asfaltamento da RO 005 em Porto Velho
Quinta-feira, 18 de outubro de 2018 22:26:19
GANHADOR DO RONDONCAP
Quinta-feira, 18 de outubro de 2018 20:12:15
Prédio da Polícia de Fronteira pega fogo em Guajará-Mirim
Quarta-feira, 17 de outubro de 2018 18:06:55
Nota de pesar pelo falecimento de Ernestina Añes Tacanã
Ver Lista Completa