Boa madrugada!
Guajará Mirim, RO
sexta-feira, 20 de setembro de 2019 04:14:33
Notícias

Assessor do prefeito de Guajará-Mirim tenta agredir radialista que denunciou ‘farra das diárias’ na prefeitura


Quinta-feira, 30 de maio de 2019 16:59:27


Nesta tarde de quarta-feira (29), o jornalista e radialista João Teixeira foi ameaçado de agressão física pelo coordenador de esporte e turismo da Prefeitura de Guajará-Mirim, conhecido como Ala Eric. A agressão só não se consumou porque o motorista do prefeito Cícero Noronha, identificado por Bruno, interferiu e tentou apaziguar a situação.  Alan ainda xingou e ameaçou o jornalista dizendo que “isso não ia ficar assim” e que na quinta-feira lhe aguardaria na saída da Rádio em que trabalha para lhe pegar.

João Teixeira estava com seu veículo parada em frente ao Hospital Bom Pastor, quando o coordenador de esporte e turismo da Prefeitura Alan Eric bateu no vidro da porta do seu carro. Quando Teixeira abaixou o vidro, Alan o tentou agredir por várias vezes sendo impedido pelo seu companheiro Bruno (motorista da prefeitura de Guajará-Mirim).

O jornalista acredita que a tentativa de agressão se deve ao fato dele ter divulgado em seu programa “89 em Alerta”, da Rádio Rondônia FM de Guajará-Mirim, que Alan Eric (coordenador municipal de Esporte e Turismo), Bruno Oliveira (motorista do prefeito) e Cícero Noronha (prefeito de Guajará-Mirim) receberam cada um mais de R$ 8.000,00 em diárias apenas nos últimos 5 messes, de Janeiro a Maio. Somando mais de R$ 25.000,00 em gastos em diárias só com eles três.  A informações consta no portal da Transparência da prefeitura de Guajará-Mirim.

Depois do ocorrido o jornalista registrou boletim de ocorrência na delegacia de Guajará-Mirim.

Hoje de manhã em seu programa de rádio o jornalista falou sobre o ocorrido.

Não irei, de forma alguma, aceitar tamanha violação a manifestação do pensamento e a liberdade de expressão e do direito da população à informação, sob qualquer forma, processo ou veículo, não sofrendo qualquer restrição, como esculpido na Constituição”, acentua Teixeira.

Para o radialista, o coordenador municipal do Esporte e Turismo da Prefeitura de Guajará-Mirim ou qualquer outro funcionário público não pode retaliar ou querer colocar mordaça no jornalismo. “Sei que nenhum veículo de comunicação e, também, a sociedade vai aceitar esse comportamento daqueles que são pagos para servir o povo”, disse João Teixeira.

 

Fonte: http://www.expressaorondonia.com.br

 


Essa Notícia foi Visualizada 1975 vezes

Vídeos

Mais Notícias
Terça-feira, 17 de setembro de 2019 12:28:10
JOVEM ESFAQUEIA MENOR DE IDADE DURANTE ASSALTO
Domingo, 15 de setembro de 2019 21:29:06
LADRÕES ENTRAM PELA JANELA E FURTAM MOTOCICLETA
Domingo, 15 de setembro de 2019 12:03:06
Trabalhador braçal morre esmagado por árvore
Domingo, 15 de setembro de 2019 11:44:56
GANHADORA DO GIRO DA SORTE NO RONDONCAP
Sexta-feira, 13 de setembro de 2019 08:50:36
ESTUDANTES DO RIOZINHO REPRESENTAM RONDÔNIA EM TOCANTINS
Sexta-feira, 13 de setembro de 2019 06:15:43
Morre em Brasília aos 80 anos ex-senador Odacir Soares
Ver Lista Completa