Boa madrugada!
Guajará Mirim, RO
segunda-feira, 22 de outubro de 2018 04:11:16
Notícias

Órgãos ambientais lançam campanha em prol do meio ambiente em Guajará-Mirim.


Quinta-feira, 23 de junho de 2011 11:32:54


Com a chegada do verão amazônico, que ocorre no período de junho a novembro, vem a preocupação com os incêndios e queimadas. Este ano, os órgãos ambientais de Guajará-Mirim: IBAMA, Sedam, SEMMA, Setor de Fiscalização da Prefeitura, Polícia Ambiental e a Promotoria de Justiça do meio ambiente decidiram firmar uma parceria. O objetivo, num primeiro momento, é conscientizar a população e em seguida punir, de acordo com a lei, os infratores.

Os parceiros visitaram os meios de comunicação do município com a finalidade de conscientizar a população e alertar sobre as penalidades previstas para quem não respeitar o meio ambiente. Na última terça-feira, a equipe participou dos Programas Bom dia Cidade e Guajará em Cima da Notícia, na rádio Guajará FM 93,7.

O Promotor de Justiça do meio ambiente,  Dr. Matheus Gonçalves Sobral falou da importância da campanha e pediu que a população ajude a preservar o meio ambiente. Ele disse que a legislação ambiental será aplicada rigorosamente para quem infringir a lei.

José Uiratan Piedade Barroso, chefe do Ibama em Guajará-Mirim, disse que maior preocupação são os focos de incêndios e queimadas, que geralmente ocorrem com maior freqüência nesse período do ano, principalmente nos terrenos baldios, que são encontrados por toda parte da cidade e em maior quantidade nos bairros: Jardim das Esmeraldas, Nossa Senhora de Fátima e Planalto. Salientou que é proibido atear fogo em terrenos baldios, em lixos, folhas e outros objetos. A orientação e enterrar, quando for em pequena quantidade, o lixo orgânico (folhas e galhos) que são transformadas em adubos.

O lixo oriundo de limpeza dos quintais e galhos em grande quantidade devem ser  colocado em locais adequados, o que poderá ser feito pela prefeitura, mediante ao pagamento de um taxa, junto ao setor de arrecadação do município, no valor de R$ 54,00.

De acordo com o comandante da Polícia Militar Ambiental, Gilmar Nunes, a pessoa que coloca fogo em lixo nos quintais, na rua ou em terrenos baldios, está sujeita a multa, de acordo com a Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/1998), que pode variar de 5 mil reais a 50 milhões de reais, ou ainda multa diária.

O representante da SEDAM no municipio, Carlos Azzi, falou sobre as queimadas rurais. Ele disse que as queimadas são permitidas, desde que sejam devidamente autorizadas pelos órgãos competentes, em áreas limitadas.

Em reunião, os parceiros ambientais decidiram que a prefeitura, através do setor de fiscalização, irá notificar os proprietários para limpar os terrenos baldios e mantê-los limpos.  Caso não seja cumprido, os mesmos serão multados.

 

 

 


Fonte: guajaranoticias

Autor: Roberto Nunes



Essa Notícia foi Visualizada 502 vezes

Vídeos

Mais Notícias
Domingo, 21 de outubro de 2018 06:08:01
AUGUSTINHO INCENTIVA CRÉDITO RURAL EM GUAJARÁ-MIRIM
Sexta-feira, 19 de outubro de 2018 18:01:00
Mensagem do Dr. Neidson ao Dia do Profissional da Informática
Sexta-feira, 19 de outubro de 2018 17:30:43
Quadrilha é presa na BR-364 com quase meia tonelada de droga
Sexta-feira, 19 de outubro de 2018 11:09:43
Dr. Neidson solicita asfaltamento da RO 005 em Porto Velho
Quinta-feira, 18 de outubro de 2018 22:26:19
GANHADOR DO RONDONCAP
Quinta-feira, 18 de outubro de 2018 20:12:15
Prédio da Polícia de Fronteira pega fogo em Guajará-Mirim
Quarta-feira, 17 de outubro de 2018 18:06:55
Nota de pesar pelo falecimento de Ernestina Añes Tacanã
Ver Lista Completa