Boa tarde!
Guajará Mirim, RO
sexta-feira, 5 de março de 2021 12:24:10
Notícias

PANDEMIA: PREFEITA RAISSA BENTO ATENDE CÂMARA E SANCIONA NOVO DECRETO QUE LIMITA RESTRIÇÕES AO COMÉRCIO


Sábado, 23 de janeiro de 2021 20:00:41


As restrições impostas pelo Decreto Municipal que impunha proibições ao comércio e inibia a atenção aos clientes, tiveram mudanças no final da manhã de sexta-feira (22). Após escutar por toda a semana reclamos e desabafos de líderes da Associação Comercial, Associação de moto-taxistas e donos de academias de malhação corporal, o presidente da Câmara Municipal, João Vanderlei (Podemos), resolveu convocar uma reunião com todos estes segmentos setoriais, vereadores, a prefeita Raissa Bento e agentes da Vigilância Sanitária com a reta intenção de conjugar esforços no sentido de encontrar saídas para a situação. O encontro aconteceu no Plenário do Palácio Abraão Azulay.

De entrada o presidente do Parlamento Municipal ressaltou que também é comerciante e conhece bem o tipo de sufoco pelo qual estão passando as empresas que se encontram de mãos atadas ou atuando de forma não convencional. Disse acreditar que pode haver fórmulas proativas de se resolver este impasse sem apelar para modos radicais. De acordo com suas palavras, as contas, os débitos e os impostos acabam vencendo. O comércio tem obrigações a serem cumpridas. Acentuou que as vacinas anticovid estão chegando e que a tendência é que o transtorno causado pela doença irá se amenizar.

Passada a palavra à senhora Ivone Conceição, diretora da Agência de Vigilância Sanitária, esta disse entender os problemas que estão passando os lojistas, mas acentuou que o ofício da Vigilância Sanitária neste momento é obedecer aquilo que os decretos ordenam. “Existem normas e metas a serem cumpridas. Muitas vidas estão se perdendo. E estamos cumprindo as normas de forma correta. O problema é que muita gente está olhando para a Vigilância de forma errada”.

Em seguida Anderson Dalmoro, dono de uma academia de artes marciais, relatou que o primeiro decreto de isolamento obrigou sua empresa a encerrar sua atuação no mercado por cinco meses. Agora com o novo decreto, já está há dez dias sem trabalhar. Relembrou que na ocasião do primeiro decreto, a promessa é de que iriam ter mais leitos nos hospitais, mais médicos para o combate à pandemia, mais atenção e mais dinheiro para investir na Saúde.

Partícipe do evento, o técnico contábil Delnir Cavalcante, que representou a Associação comercial, apontou que não existe nada em contrário as medidas levadas a cabo pela Vigilância Sanitária. Contudo, destacou que nos recintos comerciais todas as prevenções estão sendo tomadas.
Segundo o contador, no comércio existe todo um cuidado tanto com os clientes como com os balconistas, mas fora do comércio não há como exercer um controle sobre todos. “Não há indícios de contágios com o Corona-Vírus dentro dos comércios. Somos contrários às aglomerações nesta época. As pessoas se contagiam nas aglomerações que se fazem presentes nos bares e festas”.

Alberto Azzi, dono de uma loja de calçados, alertou que em 2021 não mais haverá o auxílio do Governo Federal para amparar as pessoas que ficarão sem emprego por causa de decretos de combate à pandemia. De acordo com seu entender, pessoas serão mandadas para casa para não fazerem nada sem qualquer tipo de amparo ou recurso para subsistir na vida diária. Diante do mosaico exposto, disse recear que a depressão venha alinhar-se ao Corona-Vírus matando pessoas em vida.

O empresário Antônio Bento, recém-empossado como Secretário Municipal de Obras e Serviços, representou a prefeita Raissa bento trazendo boas novas. Após cumprimentar o público presente, disse que não é de hoje que a prefeita se preocupa com o decreto do governo que obriga os municípios a seguirem cláusulas impostas. Em seguida apresentou ao presidente da Casa de Leis o novo Decreto da prefeitura que libera o comércio, academias, lanchonetes e restaurantes para o exercício de suas atividades com obediência a critérios, ressalvas e condições indispensável.

Os vereadores Alexandro Santos (Avante), Elias Crispim (Patriotas), Rivan Eguez (PV), Alexandre Melo (Podemos), Robertinho (PSC) e Mário César (MDB), também se fizeram presentes a este evento.

O novo Decreto Municipal de combate à pandemia entra em vigência a partir da tarde desta mesma sexta-feira, 22 de Janeiro.

         

          

 

Assessoria


Essa Notícia foi Visualizada 56 vezes

Vídeos

Mais Notícias
Quarta-feira, 3 de março de 2021 08:37:45
Homem é encontrado morto em Nova Mamoré
Terça-feira, 2 de março de 2021 10:19:06
Alagamento na BR-425 pode isolar Nova Mamoré e Guajará-Mirim
Ver Lista Completa