Boa tarde!
Guajará Mirim, RO
domingo, 12 de julho de 2020 12:39:14
Notícias

Operação realizada por vários órgãos em Guajará-Mirim busca dispersar pessoas e a fiscalização de pontos comerciais


Domingo, 22 de março de 2020 18:47:50


Desde o inicio da noite de manhã deste sábado (21) equipes da Polícia Militar em Guajará-Mirim e Nova Mamoré estão tendo muito trabalho com atendimentos de ocorrências em estabelecimentos que insistem em permanecer em funcionamento após o decreto do Governo do Estado que proíbe por 15 dias a abertura de determinados comércios que não são considerados essenciais.

Os empresários estão sendo orientados a fecharem as lojas sob pena de incorrerem em crime de desobediência. Na noite de sexta-feira (20) o governador Marcos Rocha tomou uma série de medidas após a Assembleia Legislativa decretar estado de calamidade pública em Rondônia em razão do avanço do Coronavírus O Poder Executivo determinou o fechamento de praticamente toda a atividade privada com exceção dos serviços essenciais, como forma de garantir a saúde coletiva.

Entre outras importantes determinações, o Decreto 24.887, define por 15 dias: Proibição do uso de mototáxis e realização de eventos públicos ou privados de qualquer natureza, incluindo os realizados por templos de qualquer culto, com mais de 5 pessoas; Proibição de permanência e trânsito de pessoas em áreas de lazer e convivência, pública ou privada, inclusive em condomínios e residenciais, bem como, de atividades e dos serviços privados não essenciais, funcionamento de galerias de lojas e comércios, shopping centers, centros comerciais.

Atividades e serviços privados como açougues, panificadoras, supermercados, caixas eletrônicos, clínicas de atendimento na área da saúde, farmácias, consultórios veterinários, postos de combustíveis, atacadistas, distribuidoras, indústrias, oficinas mecânicas, autopeças e serviços de manutenção, não foram proibidos de funcionar, porém, devem adotar providências para prevenção ao contágio, como a limpeza minuciosa de equipamentos, disponibilização de álcool líquido 70%, adotar escalas de revezamento, entre outras medidas preventivas.

Esse decreto também orienta as policiais um maior controle de entrada e acesso de passageiros nos aeroportos estaduais sob controle da Infraero no território estadual; Suspensão da entrada de veículos de transporte, público e privado, derivados do território internacional; Proibição de operação aeroviária de aeroportos estaduais, com origem de quaisquer estados e países; Também ficam vedadas visitas em hospitais e presídios.

O decreto suspende o ingresso no território do Estado de veículos de transporte, público e privado, derivados do território internacional. Nos aeroportos controlados pela Infraero, como é o caso do Aeroporto da Capital, deve haver uma fiscalização da entrada de pessoas. Ainda segundo o decreto caberá às policias Militar e Civil a fiscalização do cumprimento das determinações do Governo, podendo os infratores serem punidos com base na legislação penal e sanitária federal.

O governador se pronunciou em redes sociais sobre o decreto e disse que "as medidas são duras mas fundamentais para salvar milhares de vidas...Não é brincadeira.

Estamos enfrentando um dos maiores desafios da humanidade neste século. Obedeça as regras e tenha comprometimento cívico com o próximo".

Seguindo o que diz o Governador de Rondônia, e unidos na missão de impedir a entrada do temível novo coronavirus na cidade de Guajará-Mirim, vários órgãos uniram forças e realizaram em conjunto um “arrastão do bem” por vários bairros da na noite do sábado, 21.

A operação contou com a participação da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Ambiental, Detran,  Sepog, Defesa Civil, Angevisa, Secretaria de Saúde, Fiscalização Municipal, Polícia Penal, Semed e Prefeitura Municipal de Guajará-Mirim.

Em Guajará, locais como bares e lanchonetes, clubes de festas, e outros que estão impedidos de abri e funcionar durante esse período de enfrentamento da ameaça da presença do novo coronavirus em Guajará-Mirim, foram visitados pela força tarefa, que orientavam com que conversavam sobre a necessidade de se evitar o contato físico com outras pessoas e a necessidade de se seguir as normas de prevenção recomendadas pelas autoridades médicas do Brasil e do Mundo.

 

Fonte: Agora Guajará


Essa Notícia foi Visualizada 278 vezes

Vídeos

Mais Notícias
Domingo, 12 de julho de 2020 01:13:29
GANHADORES DO RONDON CAP
Segunda-feira, 6 de julho de 2020 22:31:14
CORONAVÍRUS SENTIU SINTOMAS PROCURE TRATAMENTO O QUANTO ANTES
Segunda-feira, 6 de julho de 2020 21:56:43
Mulher foge a 200 km/h com carga de cueca boliviana na BR-364
Domingo, 5 de julho de 2020 21:19:54
Motocicleta é furtada no centro de Nova Mamoré
Domingo, 5 de julho de 2020 16:15:23
Coronafest na casa de empresário acaba em pancadaria
Domingo, 5 de julho de 2020 15:42:20
Ladrões furtam lotérica - Vídeo
Ver Lista Completa