Boa tarde!
Guajará Mirim, RO
terça-feira, 11 de agosto de 2020 15:20:23
Notícias

PROFISSIONAIS DE SAÚDE PODEM PARAR AS ATIVIDADES, CASO O PREFEITO NÃO CUMPRA PROMESSAS SALARIAIS


Domingo, 28 de junho de 2020 22:36:44


A relação do prefeito Cicero Noronha Filho com os enfermeiros e técnicos da saúde de Guajará-Mirim não tem sido das melhores, há muito tempo, mas neste período em que a pandemia se intensificou no município, os problemas aumentaram na mesma proporção, porque existem diversas reivindicações da categoria e promessas do prefeito que nunca foram cumpridas. Desde que foi decretado o estado de calamidade, novos problemas surgiram, entre eles uma promessa feita pelo prefeito sobre o pagamento de um percentual de 40%, além de um incentivo para técnicos e enfermeiros.

Essa promessa, segundo informam os trabalhadores da saúde, teria sido feita na presença de um deputado federal que visitou as instalações do Hospital Regional de Guajará-Mirim e do Hospital de Campanha na companhia do prefeito. Na ocasião, os enfermeiros e técnicos ficaram animados com a promessa, mas até este momento nada de novo aconteceu e a história ficou somente na promessa. Essa situação deixou os técnicos e enfermeiros muito irritados com a administração, principalmente porque eles estão na linha de frente da batalha contra a doença e não podem ser tratados com descaso pela administração municipal. Além de atuarem na linha de frente do combate à pandemia, os trabalhadores da saúde tiveram que se ausentar de seus lares ou ficar isolados em cômodos da casa para evitar de contaminar seus familiares. Esta situação provoca uma carga de estresse muito grande.

Todas as pessoas que acompanham a situação da pandemia em Guajará-Mirim sabem que a falta de estrutura e de equipamentos para os profissionais é outro fator muito preocupante, porque não permite que eles tenham uma atuação como gostariam de ter para salvar vidas. Assim, não é somente a questão salarial que incomoda, mas a falta de respeito pelo trabalho de pessoas que são consideradas como essenciais apenas no papel, mas que são tratadas com descaso. Não é possível nem imaginar como ficará a situação, caso esses profissionais venham a interromper as atividades,  mas eles estão mobilizados e esperam uma resposta concreta do prefeito e do secretário de saúde do município. Caso esta resposta não atenda as reivindicações da categoria, os enfermeiros e técnicos podem parar as atividades nos próximos dias.

 

Fonte: Guajará Noticias – João Teixeira DRT/1052

 

 


Essa Notícia foi Visualizada 518 vezes

Vídeos

Mais Notícias
Quinta-feira, 6 de agosto de 2020 00:32:31
Preso apenado que raptou criança e cometeu crime de estupro
Quarta-feira, 5 de agosto de 2020 21:33:35
Mulher é encontrada morta em Porto Velho
Quarta-feira, 5 de agosto de 2020 17:49:21
NO DIA DOS PAIS O RONDONCAP VAI SORTEAR DUAS CAMIONETES
Quarta-feira, 5 de agosto de 2020 15:58:58
Celular roubado durante assalto era negociado pelo FACEBOOK
Quarta-feira, 5 de agosto de 2020 15:45:37
VILA PRUDENTE, UM EXCELENTE BAIRRO PARA MORAR
Domingo, 2 de agosto de 2020 23:28:35
Motociclista morre após se chocar contra árvore
Ver Lista Completa