Segunda, 29 de Novembro de 2021
22°

Pancada de chuva

Guajará-Mirim - RO

Polícia POLÍCIA

NOVA MUTUM: PM diz que liminar do STF vale apenas para uma fazenda da região

Comandante-geral também falou que não há denúncias formais de excessos de policiais

22/10/2021 às 11h43
Por: João Teixeira Fonte: Rondoniaovivo
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Na manhã desta sexta-feira (22), o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alexandre Almeida, falou sobre a continuação da megaoperação de desocupação de áreas invadidas próximas ao distrito de Nova Mutum Paraná e a decisão liminar da ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, publicada na quinta-feira (21).

Segundo o coronel Almeida, a decisão vale apenas para a Fazenda Norbrasil, uma das áreas que estão sendo retiradas as famílias de posseiros. A operação segue nas demais áreas, como a Fazenda Santa Carmen.

Assim que recebemos a notícia da liminar da ministra Cármen Lúcia, mudamos o foco na nossa operação, que segue com patrulhamento preventivo e a retirada das famílias das demais áreas”, disse ele.

Perguntado pelo Rondoniaovivo  se as denúncias de excessos e truculência cometidos contra as famílias e até um vereador de Nova Mamoré já estão sendo apuradas, o comandante da PM disse que nenhuma denúncia formal foi feita até o momento.

“Nenhum caso oficial foi registrado por nossa Corregedoria nem pelo Ministério Público. Vale ressaltar que nossos policiais atuam dentro da legalidade, além de serem monitorados por câmeras em seus fardamentos”.

Por fim, sobre a operação em si, Alexandre Almeida ainda disse que a operação segue até que toda a área esteja desocupada, além do patrulhamento preventivo para evitar que os invasores voltem ao local.

“Nosso planejamento era até o dia 25 [segunda-feira], mas tivemos alguns percalços normais e esse prazo pode se estender. Porém, depois continuaremos a fazer o monitoramento da área, já que são mais de 400 homens envolvidos e R$ 1 milhão em diárias. Precisamos fazer valer todo esse esforço”.

Outro lado A reportagem também entrou em contato com Manoel Rivaldo, advogado das famílias que estão sendo retiradas da região próxima a Nova Mutum Paraná.

Ele disse ao Rondoniaovivo   que a decisão da ministra Cármen Lúcia tem fundamento e que continua monitorando toda desocupação.

“A decisão só para pararem a operação na Fazenda Norbrasil tem fundamento. O pedido foi feito apenas para o acampamento Tiago [dos Santos]. O Ademar já foi desocupado há vários dias. Tem outras áreas lá sendo desocupadas, como a Sebastião Conti, que não é assistida por nós”, explicou Rivaldo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Guajará-Mirim - RO Atualizado às 04h48 - Fonte: ClimaTempo
22°
Pancada de chuva

Mín. 22° Máx. 30°

Ter 30°C 22°C
Qua 31°C 22°C
Qui 32°C 22°C
Sex 31°C 22°C
Sáb 35°C 24°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio