Segunda, 17 de Janeiro de 2022
26°

Pancada de chuva

Guajará-Mirim - RO

Política POLITICA

Mariana Carvalho, Lúcio Mosquini, Jaqueline Cassol, Marcos Rogério e Maria Eliza votam a favor do fundão eleitoral de R$ 5,7 bilhões

Seis congressistas de Rondônia se manifestaram contra

22/12/2021 às 07h58
Por: João Teixeira Fonte: Rondoniadinamica
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

No final da semana passada os congressistas de Rondônia se posicionaram junto com seus colegas deputados e senadores a respeito do veto apresentado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) ao fundão eleitoral no valor de R$ 5,7 bilhões.

A monta já começa a ser distribuída em 2022.

 

Segundo o UOL, na Câmara Federal o valor fora aprovado por 317 a 146; no Senado, por outro lado, 53 foram favoráveis à cifra enquanto 21 a rechaçaram.

“O valor do chamado fundão constava do texto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), que determina as metas e prioridades para os gastos do governo no ano que vem”, diz o texto na matéria.

O veto de Bolsonaro pretendia conservar os números em R$ 2 bilhões, sacramentando o valor-limite; por outro lado, a discussão travana no Congresso elevou a conta com a val da grande maria.

A bancada rondoniense restou quase dividida.

Três deputados federais e dois senadores do Estado votaram a favor da derrubada do veto, defendendo o valor do fundão eleitoral em R$ 5,7 bilhões.

São eles: Lúcio Mosquini (MDB-RO), Mariana Carvalho (PSDB-RO), Jaqueline Cassol (PP-RO), Marcos Rogério (DEM-RO) e Maria Eliza (MDB-RO), esta última substituindo o também emedebista Confúcio Moura, licenciado.

Votaram pela manutenção do veto e contra o aumento do fundão: Coronel Chrisóstomo (PSL-RO), Expedito Netto (PSD-RO), Léo Moraes (Podemos-RO), Mauro Nazif (PSB-RO), Silvia Cristina (PDT-RO) e Acir Gurgacz (PDT-RO).

Apesar do aumento aprovado em Brasília, o relatório final do deputado Hugo Leal (PSD-RJ) para o Orçamento de 2022 define R$ 5,1 bilhões – apesar seiscentos mil reais a menos –, para o fundo de financiamento de campanha eleitoral. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.