Segunda, 17 de Janeiro de 2022
25°

Pancada de chuva

Guajará-Mirim - RO

Destaque SOLIDARIEDADE

PESADELO: Rondoniense vai para Portugal trabalhar e morre em acidente de moto

Família está fazendo vaquinha tentando arrecadar R$ 45 mil para trazer o corpo até Ariquemes onde vivem os parentes dele

07/01/2022 às 12h17
Por: João Teixeira Fonte: Rondoniaovivo
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Um sonho que virou um pesadelo. É assim que está vivendo a família do rondoniense Thiago Pereira, de Ariquemes, que foi para Portugal tentar uma vida melhor no último dia 26 de dezembro com a esposa, Francis Fabrieny. 

No último dia 04 de janeiro, menos de um mês depois de sua chegada, ele sofreu um acidente fatal, onde perdeu o controle de uma moto em um quebra-molas. 

Um amigo de nome Walter, que estava na garupa, também morreu no momento da fatalidade. Com isso, o sonho do casal de melhorar de vida terminou.

Segundo a esposa Francis falou ao Rondoniaovivo, eles estavam morando em Pombal, cidade que fica a 170 quilômetros de Lisboa, capital do país. Ainda de acordo com ela, o traslado do corpo do marido até Ariquemes, cidade onde mora a família dele, fica em 45 mil reais.

“Já falamos com a embaixada aqui, mas disseram que não tem verba para ajudar. O governo daqui ajuda, mas tem muita burocracia. Eu primeiro precisaria do atestado de óbito dele, porém o IML não liberou o corpo. Uma luta muito grande desde o dia da morte dele”, lamentou Francis.

Segundo os familiares de Thiago, a campanha começou na quarta-feira (05), por volta do meio-dia, e até o momento, só arrecadou R$ 8 mil reais (restam R$ 37 mil).  Quem puder ajudar com qualquer quantia, só fazer as transferências para o PIX CPF 03024535209, em nome de Francis Fabrieny Santos Lima.  Já informações sobre a campanha podem ser conseguidas com ela no WhatsApp (69) 98411-4394.

               

                                               

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.