Sexta, 19 de Julho de 2024
16°C 35°C
Guajará-Mirim, RO
Publicidade

Comissão da Alero discute violência contra a mulher na internet

Rede social de deputada foi invadida.

25/06/2024 às 16h16
Por: João Teixeira Fonte: Fonte: Assessoria Parlamentar
Compartilhe:
Comissão aprovou requerimento solicitando providências sobre o caso da deputada Dra. Taíssa (Foto: Rafael Oliveira I Secom ALE/RO)
Comissão aprovou requerimento solicitando providências sobre o caso da deputada Dra. Taíssa (Foto: Rafael Oliveira I Secom ALE/RO)

A Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, Adolescente, Mulher e Idoso da Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) discutiu acerca da violência contra o público feminino na internet. A 23ª reunião do colegiado aconteceu na manhã desta terça-feira (25).

A presidente da comissão, Dra. Taíssa (Podemos), contou que, há 15 dias, uma de suas redes sociais foi invadida. Além disso, o invasor tem publicado materiais pornográficos na sua conta. A parlamentar procurou a Justiça, o processo está tramitando, mas ainda não conseguiu recuperar o acesso.

A comissão discutiu que, quando se trata de mulheres, as violências estão presentes em todos os ambientes, inclusive, no digital. “Ofende a honra, a imagem. Se fosse com homem, os invasores não estariam publicando pornografias. É para tentar nos diminuir”, enfatizou Dra. Taíssa.

A violência de gênero no ambiente virtual engloba diversos comportamentos abusivos, como assédio online, perseguição digital, chantagem, divulgação não consensual de imagens íntimas e difamação. Após a discussão, a comissão aprovou requerimento solicitando providências sobre o caso da deputada Dra. Taíssa.

O requerimento será enviado à presidência da Alero.

Projeto aprovado

A comissão aprovou o Projeto de Lei 316/2023, de autoria da deputada Cláudia de Jesus. A proposição altera e acrescenta dispositivos à Lei 4.675/2019, que “dispõe sobre a comunicação pelos condomínios residenciais aos órgãos de segurança pública, sobre a ocorrência ou de indícios de violência doméstica e familiar contra mulher, criança, adolescente ou idoso, em seus interiores”.

O projeto foi aprovado por todas as deputadas presentes. A comissão é formada pela Dra. Taíssa; Rosângela Donadon (União Brasil); Ismael Crispin (MDB); Cláudia de Jesus (PT), e Ieda Chaves (União Brasil). Os deputados Cássio Gois (PSD) e Gislaine Lebrinha (União Brasil) são suplentes.

Na reunião desta terça-feira, compareceram Dra. Taíssa, Cláudia de Jesus e Ieda Chaves. As deliberações da comissão acontecem às terças-feiras, às 8h30, no Plenarinho 2. A população pode acompanhar as reuniões presencialmente, ou pelo canal da TV Assembleia, 7.2, ou ainda pelo canal no YouTube. 

Mais informações acerca dos projetos podem ser encontradas no Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (Sapl).

                           

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Guajará-Mirim, RO
20°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 35°

20° Sensação
0.44km/h Vento
56% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h40 Nascer do sol
07h14 Pôr do sol
Sáb 36° 18°
Dom 37° 19°
Seg 39° 19°
Ter 39° 20°
Qua 40° 22°
Atualizado às 01h02
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,54 -0,08%
Euro
R$ 6,04 -0,08%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,71%
Bitcoin
R$ 378,381,99 +0,87%
Ibovespa
127,652,06 pts -1.39%
Publicidade
Publicidade