Segunda, 29 de Novembro de 2021
22°

Pancada de chuva

Guajará-Mirim - RO

Educação EDUCAÇÃO

Sintero decide pela suspensão da greve e aulas retornam nesta segunda-feira (09)

Professores da rede estadual terão carga horária dividida, entre atividades presenciais e remotas.

09/08/2021 às 12h01
Por: João Teixeira Fonte: DIÁRIO DA AMAZÔNIA
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

O Sindicato dos trabalhadores em Educação do Estado de Rondônia decidiu que não irá contra a decisão judicial de retorno das aulas presenciais nas escolas do estado. Assim, fica suspensa a greve sanitária que estava prevista pelos profissionais da área, que reivindicavam a vacinação de toda a categoria com a segunda dose da vacina contra a covid-19, antes do retorno para as salas de aula.  Essa informação foi repassada pela presidente da entidade, Leonida Simões.

O plano de retorno das aulas estipula ainda que, inicialmente, retorna 25% da capacidade da sala de aula mantendo o distanciamento de 1 metro entre as carteiras. Serão priorizados os 2º, 5º, 6º e 9º ano do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio. Os professores da rede estadual terão a carga horária dividida, entre atividades presenciais e não presenciais.

De acordo com o governador Marcos Rocha (sem partido), cada família tem a opção de retornar com as atividades educacionais na escola ou manter o estudante em casa — e assim continuar com o ensino remoto pela internet.

COMUNICADO – JUSTIÇA MANDA SUSPENDER GREVE SANITÁRIA IMEDIATAMENTE

O Sintero vem a público comunicar que a 1ª Câmara Especial do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia concedeu liminar em ação cautelar ajuizada pelo governo do Estado e determinou a suspensão imediata da greve sanitária deflagrada pela categoria em assembléia realizada dia 28, 29 e 30 de julho.

A liminar concedida pelo desembargador Daniel Ribeiro Lagos prevê multa diária no valor de R$100 mil para o Sintero em caso de descumprimento da liminar, R$2.000 mil a cada integrante da Diretoria do sindicato e descontos no salário dos trabalhadores em educação que aderirem à greve e não cessarem o movimento.  Além de sanções administrativas referentes à violação de dever funcional dos servidores remitentes.

O Sintero foi intimado nesta sexta-feira (06/08) e o assunto foi discutido em reunião extraordinária do Sistema Diretivo da entidade, composto pelos membros da Diretoria Executiva, Diretores Regionais e pelos integrantes do Conselho Fiscal, ocasião em que ficou decidido que o Sintero vai cumprir a decisão judicial e adotar as medidas cabíveis perante o Judiciário e o Executivo estadual.  

O Sintero destaca que a decisão da categoria de deflagrar a greve foi pautada na defesa da saúde e segurança de toda a comunidade escolar. No entanto, cumprirá a decisão e comunicará aos trabalhadores e trabalhadoras em educação durante as assembléias virtuais, para as quais os trabalhadores serão convocados. 

O Sintero ressalta ainda que manterá sua atuação em defesa da educação pública, da saúde dos profissionais da educação, dos alunos e dos seus familiares, e denunciará as irregularidades existentes nas unidades escolares quanto ao descumprimento das medidas sanitárias, a falta de condições da escolas para receber o retorno das aulas presenciais neste momento, bem como relatará o avanço da pandemia com o eventual aumento dos casos de Covid-19, consequência da decisão intempestiva e irresponsável do governo do Estado de forçar o retorno das aulas presenciais no dia 09 de agosto de 2021, ante à falta de controle da pandemia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Guajará-Mirim - RO Atualizado às 06h10 - Fonte: ClimaTempo
22°
Pancada de chuva

Mín. 22° Máx. 30°

Ter 30°C 22°C
Qua 31°C 22°C
Qui 32°C 22°C
Sex 31°C 22°C
Sáb 35°C 24°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio